17 dez 2018
Transporte coletivo como agente de transformação

A mobilidade é um dos maiores desafios enfrentados pelos países africanos. Motivados por essa questão, um grupo de empresários belgas fundou em 2013 a African Drive para, por meio de sua afiliada, a Baobab Express, oferecer aos moradores de Benin transporte seguro e de baixo custo, além de criar empregos nas comunidades locais. Chris Van Assche, CEO da African Drive, fala à
Viajante sobre o projeto.

Foto: Divulgação

Revista Viajante: Em quais valores a African Drive e a Baobab Express baseiam seu trabalho?

Chris Van Assche: Investimos em pessoas e tecnologia para garantir transporte ainda melhor. Baseamos nossos serviços em valores como pontualidade, conforto e segurança. Nosso principal objetivo é alcançar uma interconexão das comunas do norte com as comunas do sul do Benin com pontualidade e segurança incomparável.

Revista Viajante: Qual o modelo de operação da Baobab Express?

Chris Van Assche: A Baobab Express oferece transporte público confiável e cria empregos para a população local. Operamos em modelo de franquia, os ônibus são alugados para empreendedores, que são responsáveis por seu próprio veículo e sua renda. E além de facilitar o transporte de pessoas, também transporta bens em todo o território nacional. O objetivo é implementar também o conceito em outros países africanos, como o Togo, Gana, Burkina Faso, por exemplo. Além de transporte público, oferecemos serviços de agenciamento de carga e aluguel de ônibus.

Revista Viajante: O sr. acredita que o trabalho da pode ser considerado agente de transformação?

Chris Van Assche: Uma parte crucial do empreendedorismo social é como as pessoas locais estão sendo incluídas nesta iniciativa: motoristas, profissionais de marketing e vendedores estão sendo treinados e todos trabalham juntos para fazer o negócio funcionar. Buscamos promover um modelo social de negócios que permite que empreendedores locais se desenvolvam. A margem de lucro alcançada é, em parte, reinvestida no social e na comunidade. Uma dessas iniciativas é o desenvolvimento de instalações sanitárias e água potável para diferentes destinos. Na sede da Baobab Express, em Parakou, há um balcão de atendimento e uma sala de espera, estacionamento espaçoso com um profissionalismo comprovado e altamente apreciado.

Revista Viajante: Atualmente, quantas linhas da Baobab Express operam em Benin? Quais os serviços oferecidos?

Chris Van Assche: Atualmente 27 ônibus conectam as cidades de Benin. Os veículos percorrem cerca de dez mil quilômetros e movimentam cerca de 900 pessoas em segurança. Estão disponíveis dois tipos de serviços: linhas que ligam os mercados locais e permitem que pequenos agricultores, artesãos e comerciantes vendam seus produtos nas aldeias vizinhas; e serviços expressos interurbanos ligando Parakou, maior cidade no norte do Benin, e as áreas urbanas do país.

Revista Viajante: É desenvolvida alguma atividade direcionada aos motoristas?

Chris Van Assche: A Baobab Express organiza treinamentos específicos para que os motoristas aperfeiçoem seu estilo de direção representando, além da segurança aos passageiros, economia. Graças aos treinamentos, o consumo de diesel já diminuiu em média 20%.

Revista Viajante: A empresa já recebeu algum tipo de reconhecimento/ premiação atuação?

Chris Van Assche: Sim, em várias ocasiões. Em 2014, a Baobab Express foi premiada com o Troféu de Empresa Mais Promissora e o Melhor gerador de Emprego no norte do Benin. Em 2016, a African Drive ganhou o Troféu Nacional da Bélgica “Best Social Entrepreneur” e, mais recentemente, a Baobab Express ganhou o Troféu Internacional de Empresa Mais Dinâmica na indústria de transportes da África Ocidental.

Juntamente com nossos 200 funcionários e suas famílias, temos orgulho de fomentar a inovação e fornecer serviços e desempenhos sempre melhores, mesmo em circunstâncias difíceis.

COMPARTILHAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

RECEBA NOSSAS

NOVIDADES

A Marcopolo segue as leis de LGPD. Veja nossa política

Coordenação Geral

Departamento de Marketing

marketing@marcopolo.com.br

Produção e edição de textos

Secco Consultoria de Comunicação

Sabrina Leme MTB-RS 15062

Projeto Gráfico

Vinicius Pauletti