25 set 2020
Biossegurança: como promover proteção para os seus clientes e valor agregado para o seu serviço
Cansado de ler? Então ouça este artigo:

Os riscos inerentes à saúde já existiam muito antes da pandemia do novo coronavírus. A importância de investir em biossegurança, principalmente nas empresas, já era fundamental, porém, talvez, nunca foi tão clara e explícita quanto agora.

Frases como “há males que vêm para o bem” ou “tentar ver o lado bom em tudo” se encaixam nesse contexto, pois os cuidados que todos estão sendo obrigados a tomar agora permanecerão após a crise, assegurando a saúde de clientes e trabalhadores, que deveria ser prioridade desde sempre.

Por isso, se a sua empresa ainda não começou a investir ainda mais em biossegurança para a proteção dos seus clientes e para agregar valor ao seu serviço, já está mais do que na hora. A Marcopolo preparou este artigo para que você saiba por onde começar.

 

O que é biossegurança

Antes de tudo, é preciso entender o conceito de biossegurança, da forma mais técnica, para depois entender como aplicá-la no seu ambiente de trabalho, produtos e serviço.

No Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, biossegurança é o conjunto de estudos e procedimentos que visam a evitar ou controlar os eventuais problemas suscitados por pesquisas biológicas e/ou por suas aplicações.

Outras obras sobre o assunto definem o conceito também como o conjunto de ações voltadas para a prevenção, minimização ou eliminação dos riscos inerentes às atividades de pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços — riscos que podem comprometer a saúde humana, dos animais, das plantas, do meio ambiente.

Em suma, investir em biossegurança significa investir em segurança e saúde para todos: desde nós mesmos até o meio ambiente como um todo.

 

Normas de biossegurança

Os assuntos referentes à biossegurança são tão importantes que estão regulamentados na legislação brasileira, na Lei nº 11.105, de 24 de março de 2015. Nela, são estabelecidas normas de segurança e mecanismos de fiscalização sobre a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o transporte, a transferência, a importação, a exportação, o armazenamento, a pesquisa, a comercialização, o consumo, a liberação no meio ambiente e o descarte de organismos geneticamente modificados e seus derivados.

As diretrizes dessa lei são o estímulo ao avanço científico na área de biossegurança e biotecnologia, a proteção à vida e à saúde humana, animal e vegetal, e a observância do princípio da precaução para a proteção do meio ambiente.

Com o surgimento do novo coronavírus, novas orientações e normas surgiram e continuam surgindo nos decretos Federal, estaduais e municipais. Muitas delas dizem respeito à biossegurança.

Contudo, não se deve enxergar a legislação como algo que, se não for seguido, acarretará em multas e penalizações severas para o seu negócio. É preciso ter em mente que, se as normas de biossegurança não forem seguidas, a segurança de todos está em risco.

 

Vantagens de investir em biossegurança

Ao promover a biossegurança na sua empresa, você:

  • Minimiza os riscos de acidentes químicos e laboratoriais;
  • Qualifica todos os profissionais envolvidos no processo;
  • Reduz os riscos à saúde dos trabalhadores e clientes;
  • Promove a preservação do meio ambiente;
  • Promove o cuidado para com a sociedade como um todo.

 

Exemplo de investimento em biossegurança

Um bom exemplo de investimento em biossegurança é a Marcopolo BioSafe: uma plataforma de soluções desenvolvida pela Marcopolo, que une inovação e tecnologia para preservar a saúde e a segurança dos usuários e promover a retomada do segmento de transporte de passageiros, fortemente impactado pela pandemia.

Dentre essas inovações e tecnologias é possível citar o kit de proteção para motoristas e cobradores, o uso de luz UVC para desinfecção dos sanitários, e a desinfecção dos transportes por meio da aplicação do FIP Onboard — produto atóxico, que pode ser aplicado no salão de passageiros, cabine do motorista e até mesmo no bagageiro, e que garante total desinfecção e proteção por até três dias. É simples e proporciona total desinfecção.

Para apresentar a plataforma de soluções, a empresa montou um ônibus com todos os recursos desenvolvidos. A ideia é que essa tecnologia continue sendo aplicada no segmento de transporte mesmo após a pandemia. Afinal, além de promover qualificação para os colaboradores e valor agregado para os clientes, o investimento em biossegurança também promove — principalmente — a proteção e a saúde de toda a comunidade.

Você pode saber mais lendo este artigo.

COMPARTILHAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

RECEBA NOSSAS

NOVIDADES

A Marcopolo segue as leis de LGPD. Veja nossa política

Coordenação Geral

Departamento de Marketing

marketing@marcopolo.com.br

Produção e edição de textos

Secco Consultoria de Comunicação

Sabrina Leme MTB-RS 15062

Projeto Gráfico

Vinicius Pauletti